Política Integrada

Os clientes são a razão de ser da Santanense. Estamos todos comprometidos em satisfazer suas necessidades, desenvolvendo e produzindo tecidos para vestuário e uniformes profissionais de acordo com as condições negociadas, observando os requisitos das partes interessadas.

Comprometemo-nos com o atendimento à legislação e aos requisitos ambientais e da qualidade aplicáveis. Nossas ações buscarão a promoção do desenvolvimento sustentável e a proteção do meio ambiente por meio da prevenção da poluição e do consumo racional dos recursos naturais essenciais para o desenvolvimento de nossas atividades.

Visando o aumento de nosso desempenho da qualidade e ambiental, melhoraremos continuamente o nosso sistema de gestão integrado por meio do desenvolvimento permanente de nossos funcionários, de parcerias sólidas e eficazes com nossos provedores externos e de boas práticas socioambientais, com integração e respeito à comunidade.

Sustentabilidade social e ambiental

A Santanense é uma empresa comprometida em promover o desenvolvimento sustentável.



A busca constante pela melhoria e inovação de seus produtos sempre é feita em harmonia com o meio ambiente, prevenindo a poluição e assegurando o atendimento à legislação e aos requisitos ambientais aplicáveis, com integração e respeito à comunidade.

O bem-estar do funcionário, a qualidade de vida no trabalho, ações de sustentabilidade do meio ambiente, a satisfação de seus clientes, a garantia de produtos e serviços de acordo com as condições negociadas são preocupações constantes na Santanense.

Esta busca constante de adequação e melhoria para   entrega de produtos conformes com a sustentabilidade sócio ambiental, resultaram nas  certificações NBR ISO 9001:2008,  NBR ISO 14001:2004 e STANDARD 100 by OEKOTEX®,  

O comprometimento da direção da empresa e de todos os funcionários sempre foi imprescindível para o sucesso dessas certificações .

NBR ISO 9001:2008: voltada para os processos da organização, para seus clientes e para a melhoria contínua do desempenho do Sistema de Gestão da Qualidade.

Esta certificação evidencia o comprometimento da Santanense com o desenvolvimento e aprimoramento de seu Sistema de Gestão da Qualidade, assegurando que os requisitos do cliente são determinados e atendidos.

NBR ISO14001:2004: reconhece as empresas que respeitam e cuidam do meio ambiente. Obtida pela Santanense em setembro de 2001, traduz a evolução da Santanense, em todas suas ações, no processo industrial ou na gestão, buscando o desenvolvimento sustentável e a preservação do meio ambiente e da comunidade local.

Todo resíduo gerado na produção de tecidos é classificado, segundo a norma ABNT NBR ISO 10004, como não inerte – Classe IIA, portanto, não é considerado perigoso.

O ciclo de vida do tecido compreende as seguintes etapas:  

1) Recebimento de matéria prima e insumos;
2) Transformação em fios;
3) Transformação em tecido cru;
4) Beneficiamento e embalagem dos tecidos;
5) Distribuição;
6) Confecção de peças;
7) Utilização dos tecidos pelos usuários;
8) Disposição final dos resíduos para aterros / incineração ou para reciclagem / reaproveitamento.

Importante ressaltar que a Cia Tecidos Santanense exerce controle sobre os aspectos ambientais diretamente relacionados nas etapas 1 a 4. 

Enquanto que nas etapas de 5 a 8 os clientes deverão adotar práticas sustentáveis quanto a:

  • Redução da geração de desperdícios no processo produtivo;
  • Reutilização e/ou reciclagem dos resíduos de tecidos e/ou embalagens plásticas;
  • Destinação final dos resíduos, em conformidade com as legislações ambientais aplicáveis.

STANDARD 100 by OEKOTEX®: comprova e assegura  que os nossos artigos foram verificados com sucesso segundo STANDARD 100 by OEKO-TEX® e cumprem os requisitos de uma classe de produtos que não comprometem a saúde dos usuários e que não agridem ao meio ambiente .

O sistema OEKO-TEX® permite identificar e eliminar eventuais fontes de substâncias problemáticas em cada fase do processo .

A lista de critérios   do STANDARD 100 by OEKO-TEX®, é abrangente , rigorosa  e tem em consideração avaliações das seguintes substancias:

  • substâncias legalmente proibidas e regulamentadas como corantes azo, formaldeído, pentaclorofenol, cádmio, níquel;
  • inúmeras substâncias nocivas para a saúde, mesmo que não estejam legalmente regulamentadas;
  • substâncias químicas que tenham sido considerados relevante pelos grupos de peritos da Associação OEKO-TEX® para têxteis, vestuário e acessórios;
  • requisitos do US Consumer Product Safety Improvement Acts (CPSIA) relativos  ao chumbo;
  • vários tipos de substâncias  que também poderão agredir o meio ambiente.

Além destas certificações que atestam a preocupação da Santanense com a sustentabilidade sócio ambiental , a empresa determinou a anos, as seguintes condutas para seus parceirosfornecedores de algodão:

CONFORMIDADE SOCIAL E AMBIENTAL:

Os fornecedores de algodão devam ter como princípios o desenvolvimento econômico nacional fundamentado na sustentabilidade, nos valores éticos e morais e no respeito às leis.

CONDUTA SOCIAL:

Os fornecedores não poderão utilizar mão-de-obra infantil, salvo naquelas atividades permitidas por lei e desde que não sejam prejudiciais à saúde, ao desenvolvimento físico e educacional.

Os fornecedores não irão utilizar trabalho forçado ou involuntário, bem como o aliciamento de mão-de-obra na forma de sub-empregos, devendo tratar cada empregado com dignidade, respeito, compensando-os na forma estabelecida pelas normas trabalhistas e de segurança, saúde e higiene ocupacional.

Os fornecedores deverão proporcionar aos empregados um ambiente de trabalho adequado às necessidades humanas.

CONDUTA AMBIENTAL:

Os fornecedores deverão respeitar todas as normas ambientais pertinentes às atividades desenvolvidas, buscando sempre minimizar o impacto ambiental nas áreas e nos entornos, mantendo o equilíbrio ambiental.

É expressamente vedado o plantio e/ou fornecimento de algodão não autorizado pelas autoridades governamentais.

O não cumprimento destes  dispositivos, bem como a inserção de fornecedores , produtores, arrendatários, comodatários, terceirizados e/ou fazendas, que utilizam ou utilizaram trabalho forçado e/ou mão-de-obra escrava ( conforme publicado pelo ministério do trabalho e emprego, nos termos da portaria nº. 540, de 15 de outubro de 2004) além do descumprimento  de outras normas federais, estaduais ou municipais supervenientes, será considerado violação aos termos contratuais e caracterizado como inadimplência por parte dos fornecedores, proporcionando a rescisão automática da compra .

Esta é a Santanense, uma empresa comprometida com a sustentabilidade das relações ambientais e sociais.

Comprometida com consumidor final, comprometida com você.

 

Você está em Home > Empresa > Política Integrada