Você está em Home > Empresa > Linha do Tempo > 1950

A partir de 1950 a empresa investiu pesadamente em modernas instalações e aquisições de outras unidades fabris. Resolveu também sérios problemas energéticos com construções de barragens e usinas hidrelétricas para consumo próprio. Foi nesse Brasil de pós-guerra, onde o processo mundial de reconstrução industrial atingiu todos os campos e segmentos, que a Santanense investiu principalmente no preparo técnico de seu pessoal.

Assim, melhorou consideravelmente seus produtos, reduziu 30% do operariado e duplicou sua produção. Nesse período, a indústria têxtil procurou adequar-se à praticidade da vida moderna, criando os tecidos sintéticos, que dispensam o ferro de passar: nylon para as roupas leves, helanca para os maiôs, tergal para as saias plissadas e calças de vinco permanente.

 

Você está em Home > Empresa > Linha do tempo > 1950